domingo, 28 de junho de 2009

Uruguai reage na disputa pela Portucel

O governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli está otimista.

No entanto, a decisão - que deve ser tomada a qualquer momento - sobre a futura fábrica de celulose da Portucel ainda não foi anunciada.

O governo uruguaio se mexe e Miguel Ángel Toma, representante do presidente Tabaré Vázquez, levou até os diretores da empresa portuguesa uma lei recém aprovada que contempla um acordo de cooperação econômica entre os dois países.

Miguel deve retornar de Portugal nesta terça-feira, 30, com novidades.

Novidades da Painel Florestal para o segundo semestre

A partir dessa semana, a Painel Florestal começa a apresentar as novidades para o segundo semestre de 2009. Os destaques ficam por conta da transmissão ao vivo do XIII Congresso Florestal Mundial, direto da Argentina; a série de reportagens Como Plantar Eucalipto, no programa de televisão; Boletim Painel Florestal em inglês e o novo layout do Portal Painel Florestal.

Portal Painel Florestal
- Novo layout
- Novo formato de vídeos
- Novos formatos de publicidade

Blog Painel Florestal
- Vídeos
- Novas ferramentas

Boletim Painel Florestal
- Edição em inglês (quinzenal)
- Novo layout
- Novos formatos de publicidade

Programa Painel Florestal
- Série Como Plantar Eucalipto

Loja Virtual
- DVD Ligna e Elmia Wood 2009
- DVD Carvão Vegetal
- DVD Sistemas Agrossilvipastoris

quinta-feira, 25 de junho de 2009

As boas notícias para o setor florestal brasileiro


A Nova Duratex vai investir na expansão das florestas da Satipel no Rio Grande do Sul

Para alcançar a autossuficiência, a Vetorial deve plantar 10 mil hectares de eucalipto em Mato Grosso do Sul.

A Suzano confirma o plano de investir US$ 100 milhões na composição da base florestal para suprir a demanda da nova unidade do Maranhão e também do Piauí.

A VCP deve antecipar - se o mercado continuar reagindo - a expansão do Projeto Horizonte em Três Lagoas-MS

E por fim, informações obtidas junto ao governo de Mato Grosso do Sul levam a crer que a Portucel deverá escolher o Brasil para instalar sua fábrica.

Em comum - além de positivas - todas as notícias trazem excelentes perspectivas para o setor florestal brasileiro.

Investimentos em plantio, mecanização, terceirização de serviços e contratação de mão de obra neste segundo semestre devem fazer de 2009, um ano "menos pior" do que se esperava.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Nova Duratex deve expandir área florestal

O setor florestal recebe com otimismo a notícia da fusão entre Satipel e Duratex.

Além de se tornar o maior fabricante de painéis de madeira do hemisfério sul, a nova empresa deve priorizar os planos de desenvolvimento na área florestal.

Duas novas fábricas de MDP, no Rio Grande do Sul e Minas Gerais, e a nova fábrica de MDF em Agudos, interior de São Paulo, vão demandar ainda mais investimentos em mecanização florestal.

O diretor florestal da Duratex, Antonio Joaquim, ressaltou - em conversa com a Painel Florestal - que uma das grandes vantagens da fusão será o repasse de tecnologia para a Satipel.

Autosuficiente em matéria prima florestal em Minas e São Paulo, os planos de expansão devem ser concentrados no Rio Grande do Sul.



Antonio Joaquim está otimista com o cenário que se desenha. Em "clima de dia seguinte", enquanto decisões ainda estão sendo tomadas, ele anuncia que não deverá haver grandes reduções no quadro de funcionários da área florestal.

Ao contrário, anuncia, com entusiasmo, a junção de equipes e a formação de um "time de primeira".


Guarda, com sabedoria, informações estratégicas.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Portucel confirma interesse pelo Brasil

O Brasil, principalmente o Mato Grosso do Sul, dá um passo importante na conquista dos investimentos da Portucel.

À comitiva liderada pelo governador André Puccinelli, sobram argumentos.

Nesta quarta-feira, em reunião com o presidente da empresa portuguesa, José Onório, clima era de otimismo.

Em um dos momentos, o vídeo sobre o Plano Florestal de Mato Grosso do Sul foi apresentado.

Assista! Produção Painel Florestal.

video

domingo, 14 de junho de 2009

Portucel: Brasil reage

Ao ficar sabendo que o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, tinha pedido autorização da Assembleia Legislativa para uma viagem a Portugal, busquei mais informações.

Puccinelli viaja nessa segunda-feira, 15, para mais uma rodada de conversas com os diretores da Portucel.

Na bagagem, estudo de logística e o Plano Estadual Florestal. Documentos que devem subsidiar as decisões da cúpula da papeleira portuguesa.

Apesar do Uruguai oferecer vantagens competitivas interessante, a compra da Ence pela Arauco e StoraEnso - segundo a própria Portucel - devem reduzir consideravelmente a chance do país vizinho ser escolhido.

Teoricamente, não haveria espaço para mais uma. O acordo entre a chilena Arauco, a finlandesa StoraEnso e a espanhola Ence, envolveria 130 mil hectares de terras e plantios, além de operações no centro e oeste do país sulamericano.

Sabendo disso, o governo de Mato Grosso do Sul se mexeu para tentar garantir a geração de - no mínimo - mais 2 mil empregos. No estado, Bataguassu, município vizinho de Três Lagoas (onde está instalada a VCP ), já foi visitado pelos portugueses.

Vamos acompanhar!

terça-feira, 9 de junho de 2009

O destino da Portucel

Os planos já foram anunciados. A Portucel deve escolher entre Uruguai e Brasil para construção de uma fábrica de celulose na América do Sul.

Até aí, nenhuma novidade. O Uruguai, no entanto, com apenas 2% da área total do Brasil, dá algumas lições ao vizinho.

Lá, companhias estrangeiras não encontram a mesma dificuldadade que a StoraEnso enfrenta - por exemplo - no Rio Grande do Sul. Com projetos bem definidos, as empresas são autorizadas a comprar áreas para produção de florestas.

Além da isenção de impostos para plantios florestais, o governo oferece a permissão de arrendamento de terras por mais de 30 anos.

Ou seja, legislação e políticas públicas bem definidas em favor do desenvolvimento sustentável, somadas aos excelentes índices de produtividade do eucalipto, tornam o Uruguai um competidor de alto nível para o Brasil e talvez, o destino mais provável da Portucel.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Brasileiros em Jönköping

Segundo dia de Elmia. Dia de Brasileiros.

Reencontramos muitos amigos aqui na Suécia.

Durante esses dias tive a oportunidade de conviver e aprender muito com pessoas como José Maria (VCP), por exemplo.

Malinowslki e filhos também passaram por aqui e anunciam novidades para a Expoforest. Encontrar brasileiros aqui foi fácil.

No estande da John Deere tinha vários. Nos estandes da Komatsu, Ponsse e Caterpilar também.

Hoje a feira estava muito mais movimentada do que ontem. Fez menos frio mas choveu em alguns momentos.

A Elmia continua até sábado. Nós, iniciamos nossa viagem de volta ao Brasil. Amanhã, logo cedo, vamos para Estocolmo de onde sigo para São Paulo.

Hoje, além das fotos, compartilho dois pequenos vídeos que fiz na feira.

Espero que gostem. Até a volta!


video

Picador Florestal

video

Estande da John Deere







Segundo día ELMIA WOOD

Día de BrasileñosRencontramos muchos amigos aquí en Suecia.
Durante estos días tuve la oportunidad de convivir y aprender mucho con personas como José María (VCP), por ejemplo.
Malinowslki e hijos también pasaron por aquí y anuncian novedades para la Expoforest. Encontrar Brasileños aquí fue fácil.En el stand de John Deere había varios. En los stands de Komatsu, Ponsse, y Caterpilar también.

Hoy la feria estaba mucho más movimentada que ayer. Hizo menos frio pero llovió en algunos momentos.Elmia continúa hasta sábado.

Nosotros, iniciamos nuestro viaje de vuelta al Brasil. Mañana, muy temprano, vamos para Estocolmo de donde sigo para Sao Paulo.Hoy, además de las fotos, comparto dos pequeños videos que hice en la feria.Espero que les guste. Hasta la vuelta

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Primeiro dia da Elmia Wood

150 hectares de área. 490 expositores dividos em duas florestas.

Os números da Elmia Wood são, de fato, impressionantes.

ENTRADA DA FEIRA

No primeiro dia duas impressões: a feira sobreviveu muito bem à crise e os picadores florestais são as máquinas do momento.
VISITANTES DA ELMIA WOOD 2009

PICADOR FLORESTAL

O público compareceu e os expositores investiram. A John Deere, por exemplo, trouxe todos os modelos da série E.

FORWARDER 1210EDestaque para os harvesteres e forwarders.

HARVESTER 1170E


Os picadores estão por toda a feira. De pequeno ou grande porte. Adaptados em forwarders ou tratores.




A feira é muito bem organizada. De minuto em minuto, ônibus transportam os visitantes entre as duas trilhas.

Brasileiros, argentinos, chilenos e uruguaios estiveram presentes em grande número no primeiro dia.

Em linhas gerais, temos a sensação de que o setor se prepara para uma reviravolta diante da crise.







Primer día de Elmia Wood

50 hectareas de área. 490 expositores divididos en dos plantaciones.

Los números de Elmia Wood son, de hecho, impresionantes. En el primer día dos impresiones: la feria sobrevivió muy bien a la crisis y las chipeadoras forestales son las máquinas del momento.

El público compareció y los expositores invirtieron. John Deere, por ejemplo, trajo todos los modelos de la serie E.Destaque para los Harvesters y Forwarders.Las chipeadoras están por toda la feria. De pequeño o grande porte. Adaptados en Forwarders o tractores.

La feria es muy bien organizada. De minuto en minuto, ómnibus transportan los visitantes entre las dos trillas.

Brasileros, argentinos, chilenos y uruguayos estuvieron presentes en grande número en el primer día.En líneas generales, tenemos la sensación de que el sector se prepara para una mejora delante de la crisis.

terça-feira, 2 de junho de 2009

A um dia da Elmia Wood!

Estamos em Värnamo, cidade sueca, a menos de 30 quilômetros de Jonköping, onde acontece, a partir de amanhã, a Elmia Wood, a maior conceituada florestal do mundo.

Nossa viagem até aqui foi muita agradável. Embarcamos na tarde de ontem, em um navio parecido com esse ai.

Paisagens lindíssimas e um simpática gaivota dividiram nossa atenção.


O clima de descontração serviu para aproximar os participantes do grupo.

Hoje, ao chegarmos em Estocolmo, visitamos uma operação de Bundler, a máquina enfardadora da John Deere.



No fim do dia, já hospedados, tivemos mais um momento de confraternização em um restaurante irlandês.


Amanhã, logo cedo, visitamos a Elmia Wood. E nós, da Painel Florestal, com o suporte da Time Tour e apoio da John Deere, estaremos atualizando nosso blog e portal com todos os detalhes.

Até lá!

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Em Joensuu

Joensuu é uma cidade bastante pacata.

Chegamos na noite desse domingo, coincidentemente, no dia mais quente do ano.

Hoje também faz calor. Pela manhã, fomos conhecer a fábrica de harvesters e forwarders de pneus da John Deere.

É uma planta simples mas bastante operacional. No início das férias de verão, poucos funcionários trabalham nas linhas de produção.

A unidade filandesa da John Deere já produziu aproximademente 500 máquinas esse ano. Aqui, um harvester, por exemplo, fica pronto em 10 dias.

Nessa fábrica também são produzidos os modelos da nova série E.

Antes de partir, fizemos um "test drive" em um forwarder.Dentro dele, de fato, o que chama a atenção é a cabine giratória com auto-nivelamento.

Nessa tarde, retornamos a Helsinki de onde embarcamos em um "ferry boat" rumo a Estocolmo, capital da Suécia.

Até amanhã!